Blog do companheiro Antonio Braga.

Viver e partilhar
Partilhar momentos , imagens, sons, ideias, dar a conhecer, trocar impressões, dicas, caravanismo, campismo, pôr de lado tudo que é norma, sem perder a razoabilidade, nem o CIVISMO, pura e simplesmente VIVER.


http://amsbraga.blogspot.com/



Os dizeres do cabeçalho deste Blog captaram a minha atenção não pela simplicidade das palavras, mas pela grandeza do seu conteúdo.
Este titulo seguido á regra e uma receita médica segura e comprovada para uma vida longa e saudável.
Para mim o Autocaravanismo é sem dúvida viver uma vida dentro da vida que já existia.
Com o passar do tempo ultrapassam-se as barreiras aborrecidos que são a arte de dominar as coisas mecânicas (painéis solares, baterias, etc.) inerentes a esta vida de Autocaravanista .
Depois desta parte dominada a transformação pessoal acontece naturalmente. Não tarda nada vamos dar connosco (homens e mulheres de barba rija) a fazer coisas que (na outra vida) eram por nós consideradas ridículo. Coisas como dirigir-se a estranhos e começar a falar com se ali já houvesse uma amizade de longos anos, aceitar ideias e opiniões de outros, reconhecer que afinal nem sempre temos razão etc.
Necessidade de dar a conhecer e a partilhar sensações, sentimentos, sítios únicos e alguns segredos íntimos.
Já ando nessa vida há muitos anos e ainda não me consegui aborrecer...quando penso que estou quase a eliminar as hipóteses de me entreter, algo aparece e tudo começa de novo.
O meu novo hobby é um derivado daquilo que para mim foi sempre uma paixão, a fotografia. Agora reparo que todos estes anos não deram atenção a um outro mundo que existe debaixo do nosso nariz, o mundo da fotografia Macro. Incrível aquilo que eu até aqui não via, pequenas flores, insectos etc. Tudo isto visto (aumentados umas quantas vezes) são simplesmente elementos fantásticos deste mundo (pelo menos por mim) desconhecido.
Isto para dizer que o Autocaravanismo proporciona a paz de espírito e o desprendimento mental propício para a assimilação de toda ela uma nova forma de ver e sentir o mundo que nos rodeia, sim aquele mundo onde vivemos, calcamos e respiramos mas nunca tivemos a “paz de espírito” para apreciar.
Leiam novamente o título do nosso companheiro António Braga e reparem que tudo se enquadra na frase que eu uso como fórmula para pessoalmente ser feliz: Viver a Vida Vivo.
A conversão de”Pessoa “em “Autocaravanista” só está completa quando o boletim meteorológico diz que vai estar a chover, um frio de rachar, ventos ciclónicos e até vai cair neve perigosa nas estradas neste fim de semana .... e um homem diz para a mulher (no meu caso ultimamente é a mulher que diz para o homem ) EM CASA É QUE EU NÃO FICO, enche os tanques da AC com agua e vamos mas é sair de casa...Só nesta situação é que o doutor passa o certificado de “apanhado pela doença do Autocaravanismo”. Embora contagiosa, por norma, esta doença não é fatal.
Principais sintomas são: ataque cardíaco da conta bancária e por conseguinte rápido emagrecimento da carteira. Por norma a saúde restabelecesse por volta do fim do mês.
Aqui fica um exemplo do meu novo hobby (uma fotografia macro ) de uma planta que mede 1cm sim não me enganei, 1cm.
Já me esquecia de dizer, Não de esqueçam de: Viver a Vida Vivos.


José rebelo . “apanhado pela doença do Autocaravanismo”.



P.f. repeitar o copyright jose rebelo

De: Vitor Gaspar [mailto:gasparvitor@sapo.pt]

Click

Contribuição do Companheiro : Vitor Gaspar




e mail de: jbmendes

AUTOCARAVANAS(label)

Caro companheiro José Rebelo, nota-se a paixão com que vive o autocaravanismo. Até conseguiu descobrir a veia poetica que há em sí. O sacrificio com que transformou meticulosamente as carrinhas em autovivendas, esperando ansiosamente pela derradeira hora de conseguir a sua autocaravana de fábrica, dos seus sonhos. Parabéns, é um avião.Cumprimentosjbmendeswww.autocaravanista.blogspot.com

RE: email by Jose Rebelo

Caro companheiro Mendes, obrigado pelas boas palavras e encorajamento na parte da” veia poética”...
O seu blog é uma boa contribuição para todos os Companheiros autocaravanistas e também para todos os outros que pensam que pessoa s como nós somos um derivado de alguma raça estranha...
O seu blogo mostra uma paixão pelo nosso Pais que é de louvar.
Eu sinceramente espero que o seu blog (e todos os outros do mesmo género) sirvam para envergonhar estes senhores das Autarquias (fazedores de leis contas Autocaravanas).
Eles que se gabam de ser os únicos amantes da nossa terra e da nossa gente para ganharem acesso ao “poleiro” e depois descriminam a torto e a direito os Caravanistas para benefício das amizades (as mesmas que os puseram no poleiro).
Neste Natal seria uma boa ideia enviar a estes senhores uns postais de natal com as fotografias de sinais (ilegais) de proibição às Autocaravanas com a seguinte mensagem:
“Os Autocaravanistas Portugueses desejam um Bom Natal a todos os fazedores de leis de estacionamento no nosso querido Portugal. Fazemos votos que o Pai Natal nunca se lembre de por uma Autocaravana no vosso sapatinho, pela simples razão de que nós não desejamos a ninguém os sacrifícios que os Autocaravanistas passam para parar as Autocaravanas.”
Depois de escrever estas palavras fiquei a pensar que se estes Autarcas tivessem Autocaravanas era garantido que as leis (rapidamente) mudariam para nosso bem.
Cumprimentos daqui da minha Família para todos em Portugal e: Não de esqueçam de Viver a Vida Vivos.
José Rebelo